sexta-feira, 26 de junho de 2015

Oficina de Poesia





 O professor lê poesia aos alunos todos os dias; Encoraja os alunos a lerem eles próprios poesia; Apresenta diferentes livros de poema; Propõe a elaboração de coletâneas de poemas (pessoais, por tema, por poeta, for forma…); Atribui um lugar específico para os poemas na sala de aula (canto/placard /parede de poesia…); Promove interpretações e reações diversas através do diálogo, da música, da dança e da expressão corporal, dramática, plástica…; Compara poemas e/ou poetas; Proporciona a descoberta de recursos poéticos (estilísticos e outros); Cria um ambiente propício à leitura e criação de poesia; Proporciona momentos de produção individual e coletiva; Promove a leitura em voz alta, a publicação e a exposição.















Oficina de Poesia”, Helena Carvalho Borges. Comunicação apresentada no I Encontro do LEIP (Laboratório de Investigação em Educação em Português) - Ensinar Português hoje: problemas e desafios. Universidade de Aveiro, 2011-07-08.

Enviar um comentário